Clube do Remo é parceiro no Dia D de doação de sangue

Por Tati Dias - Assessoria de Comunicação

Institucional em 10/03/2018 Compartilhar

Há três anos o Clube do Remo é parceiro numa causa muito nobre, a doação de sangue. E nesta última sexta-feira (09) não foi diferente, atletas, torcedores e funcionários do clube marcaram presença no Hemopa, no dia D da Campanha Doadores Futebol Clube, uma iniciativa da Rede Cultura de Comunicação, Fundação Hemopa e Diretoria de Marketing do Leão.

O Leão Malino e as Leoas Azulinas fizeram a animação de quem passava pelo pátio do Hemopa. Para Glauber Pontes, diretor de Marketing do Remo, a iniciativa é importante, também, para o clube. "Um clube com a potência do Remo, é de fundamental importância estar inserido numa campanha de solidariedade como o Dia D. O Clube abraçou a iniciativa levando atletas de várias modalidades para doarem sangue, o mascote e as animadoras para levarem mais alegria também. Incentivamos o torcedor a participar e, assim,  ajudar a organização a alcançar o objetivo de ajudar tanta gente que necessita do Hemopa diariamente", disse.

Os jogadores do time profissional David Lima, Diego Superti, Jayme e Geandro também estiveram presentes. Para o atacante Jayme, o incentivo nesta hora é fundamental. “Eu já participei outras vezes desta ação, e eu vim bastante feliz para ajudar, incentivar pedir para que a torcida venha doar. Tenho certeza que se a gente vir até aqui e pedir pra que os torcedores do Leão compareçam, eles não decepcionam”.  

Mauro Dantona, diretor do Remo Lions - time de futebol americano do Leão - também convocou seus jogadores para ajudar na causa. “É muito benéfico, o Remo sempre está envolvido nessas causas sociais. Doar sangue é vida, e é extremamente importante a gente estar aqui. Já sou doador há bastante tempo, e hoje só vim unir o útil ao agradável”, disse Mauro.

Quem doava sangue com o código do Leão Azul ganhava um super brinde. Torcedora do Remo, Dona Maria Augusta, de 60 anos, doou e foi premiada com uma linda caneca. Para ela, que um dia já precisou de doação de sangue quando esteve enferma, participar da ação é mais que prazeroso, É lindo, o prazer de estar aqui ajui é imenso. eu, nesta idade, poderia pensar que meu sangue não serviria, mas pelo contrário, ele serve e muito, tem tanta gente sofrendo nos hospitais. eu mesma um dia já precisei e contei com a solidariedade de muita gente, agora estou aqui fazendo a minha parte", contou a aposentada. 

Para se tornar um doador de sangue é muito simples, basta comparecer ao Hemopa, no horário de 7h30 às 18h, de segunda a sexta-feira, e de 7h30 às 17h, aos sábados, portando um documento original com foto. É necessário ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), pesar mais de 50 quilos, estar bem de saúde e portar documento de identificação original e com foto. Os homens podem doar a cada dois meses, e as mulheres, a cada três. O Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, em Batista Campos. As doações também podem ser feitas na Estação Coleta Castanheira (térreo do Pórtico Metrópole, na BR-316, km 1).

Fotos: Samara Miranda - Ascom Clube do Remo



Voltar Imprimir

ÚLTIMAS

      NOTÍCIAS

Futebol Profissional

Remo empata com o Atlético-AC pela Série C

Futebol Amador

Remo vence Paysandu de virada e garante vaga na semifinal do Parazão Sub-15

Futebol Profissional

Elenco azulino se reapresenta e goleiro Vinícius acredita na recuperação no Brasileiro