Atacante azulino comenta vantagem e diz que não há favorito no clássico

Por Fábio Will - Assessoria de Comunicação

Futebol Profissional em 03/04/2018 Compartilhar

A vitória no primeiro jogo da final do Parazão diante do Paysandu não “faz a cabeça” dos jogadores azulinos. Com boas atuações nos três confrontos diante do time bicolor, o atacante Elielton sabe das dificuldades que o Remo irá enfrentar e garante que mesmo com a vantagem do empate, a partida não há favorito.

Autor de um dos gols que deu a vitória ao Remo no primeiro RE-PA desta temporada, o atacante Elielton participou do coletiva azulina após o trabalho regenerativo feito no Parque Aquático da Sede social. O jogador sempre calmo, comentou a vantagem azulina, mas garantiu que mesmo assim o clássico Rei da Amazônia não possui equipe favorita. “Se tratando de clássico não vejo favoritismo. Essa vantagem dá uma tranquilidade, mas clássico é detalhe. Não vejo a gente como favorito, não ganhamos nada ainda e eu vejo que está igual. Não vejo favoritismo”, disse.

Com 25 anos e nascido na cidade de Alenquer-PA, o atacante Elielton não pensa em usar a vantagem do empate na final. “Temos uma vantagem, mas nossa equipe não vai se agarrar nela. Vamos trabalhar essa semana pensando em ganhar o jogo. Trabalhar firme para que nós não possamos depender dessa vantagem e ser surpreendido”, comentou Elielton.

Remo e Paysandu se enfrentam pelo segundo jogo da final do Campeonato Paraense neste domingo (8), às 16h, no Mangueirão. Um empate basta para o Remo levantar a  taça do Parazão. Os ingressos para o jogo já estão à venda nas Lojas do Remo nos preços de R$40 a arquibancada e R$60 a cadeira.

Foto: Fábio Will - Ascom Clube do Remo



Voltar Imprimir

ÚLTIMAS

      NOTÍCIAS

Futebol Profissional

Em Belém, Remo e Botafogo-PB ficam no empate pela Série C

Outros Esportes

Clube do Remo é bicampeão da Copa Norte Nordeste de remo

Futebol Profissional

Remo finaliza preparação para partida contra o Botafogo-PB