CONFIS: Conselho Fiscal do Clube é definido

Por Tati Dias - Assessoria de Comunicação

Institucional em 27/11/2018 Compartilhar

Conselheiros do Clube do Remo se reuniram na noite desta segunda-feira (26), na Sede Social, para a primeira reunião ordinária do Conselho Deliberativo, após a eleição da mesa do Condel ocorrida no último dia 19/11.

A reunião de pauta única, presidida por Ângelo Carrascosa,  teve a finalidade de escolher os novos membros do Conselho Fiscal (CONFIS). A Votação contou com doze candidatos, os cinco mais votação são os titulares, os outros cinco são suplentes e os dois menos votados foram descartados.

Conselheiros eleitos:

1- Odilardo Silva

2- Diego Bessa

3- Marco Antônio

4- Francisco Rosas

5- José Fernandes

SUPLENTES:

1- Alessandro Silva

2- Vicente Reis

3- Deuzinei Miranda

4- Mauro Pontes

5- André Rabello

Segundo o Estatuto do Clube do Remo, cabe ao conselho Fiscal:

I.Verificar se a Diretoria Executiva está cumprindo as normas estatutárias referentes à gestão financeira e contábil, e comunicar ao Conselho Deliberativo eventuais infringências dessas disposições por parte daquele Poder, recomendando, na comunicação, a correção das medidas que julgar necessárias;

II. Examinar mensalmente a contabilidade do Clube, as contas e a documentação apresentadas pelo CODIR;

 III. Em caso de renúncia do Presidente do CODIR, examinar as contas apresentadas e emitir parecer conclusivo do período de sua gestão;

IV. Conferir todos os documentos de receita e despesa, contratos e títulos de propriedade do Clube;

V. Fiscalizar a aplicação das rendas do Clube, verificando o cumprimento do orçamento votado pelo Conselho Deliberativo;

VI. Apresentar por escrito, para apreciação do Conselho Deliberativo, parecer conclusivo sobre as contas da gestão do CODIR, anexando o relatório das ações executadas por aquele Órgão ao final de cada trimestre e no encerramento de exercício. VII. Comunicar formalmente ao Presidente do CODIR todas as irregularidades que encontrar nos livros e documentos examinados, 30 requisitando as informações julgadas necessárias e exigindo as regularizações que couberem;

VIII. Solicitar a convocação do Conselho Deliberativo para informar eventuais irregularidades nas prestações de contas do CODIR, ou quando ocorrerem motivos graves e urgentes;

IX. Elaborar o seu regimento interno. § 1º - Se o Conselho Fiscal ciente de irregularidades praticadas pelo CODIR não as informar ao Conselho Deliberativo, tornar-se-á solidariamente responsável, aplicando-se a seus membros em consequência as penalidades previstas neste Estatuto. § 2º - Apurada pelo Conselho Fiscal a responsabilidade de qualquer membro do CODIR, cumpre ao Conselho Deliberativo aplicar as sanções correspondentes previstas neste Estatuto, sem prejuízos das ações cíveis e criminais que possam ser promovidas, a fim de que o responsável responda pelos atos que tenham causado danos ao patrimônio e às finanças do Clube.

Fotos: Samara Miranda/Ascom Clube do Remo



Voltar Imprimir

ÚLTIMAS

      NOTÍCIAS

Futebol Profissional

Remo realiza último amistoso antes da estreia e proporciona domingo diferente ao seu torcedor

Basquete

Basquere azulino realiza peneirada

Nota

Nota Oficial